O Firefox agora permitirá que você exclua os dados coletados

O navegador Firefox agora permitirá que você exclua todos os dados coletados em sua próxima versão, lançada em 7 de janeiro. A empresa está adotando esta etapa para cumprir a  Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia  (CCPA), que entrou em vigor em 1º de janeiro. 

O novo ato – semelhante ao Regulamento Geral de Proteção de Dados da Europa  (GDPR) – concede o direito às pessoas na Califórnia de conhecer e controlar dados pessoais coletados por sites.

Enquanto o CCPA dará ao pessoal da Califórnia mais controle sobre seus dados, a nova mudança do Firefox será lançada para todos os usuários do navegador.

Em um post do blog , o Firefox disse que já coleta muito poucos dados sobre seus usuários. Ele toma nota de quantas guias estão abertas e de quantas sessões são longas, mas com a atualização, você também pode excluir:

Como regra, o Firefox já coleta muito pouco dos seus dados. De fato, a maior parte do que recebemos é para nos ajudar a melhorar o desempenho e a segurança do Firefox. Chamamos isso de dados de telemetria. Essa telemetria não nos fala sobre os sites que você visita ou as pesquisas que faz; só conhecemos informações gerais, como um usuário do Firefox tinha uma certa quantidade de guias abertas e quanto tempo durou a sessão.

Decidimos ir além e expandir os direitos de exclusão do usuário para incluir a exclusão desses dados de telemetria armazenados em nossos sistemas.

Atualize seu navegador Firefox em 7 de janeiro e confira nossa seção Básica para obter um guia sobre como excluir seus dados do Firefox.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*